segunda-feira, 29 de março de 2010

RIOS DE FOGO

De Poesias editadas
RIOS DE FOGO
(Victtoria Rossini)

Corre um rio pelo meu corpo
Onde deságua o remorso
De viver sem entender
As coisas simples da vida

O nascimento _O tempo _A partida
O espaço que se torna ferida
Apenas pra ser entendida
Como “a passagem da vida”

Se a vida não é sofrimento
Então porque o tempo
Não tatua só alegrias?

Porque eu carrego cicatrizes
Que as gargalhadas meretrizes
Do riso fugaz não deixaram?

Só me lembro dos tormentos...
Pois foram esses momentos

Que aqui...Mais me marcaram.

2 comentários:

vilmeia disse...

sempre me vejo em tuas poesias!amo todas elas .bjossssssssss

Victtoria Rossini Poesias disse...

Brigada amora!!
;))
bjs na alma Vilmea