segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

AS VEZES CAMINHAMOS...MESMO PODENDO VOAR

AS VEZES CAMINHAMOS...MESMO PODENDO VOAR
(Victtoria Rossini)

As vezes caminhamos
Mesmo podendo voar
Para andar lado a lado
Com quem amamos

Fênix e serpente
Também se amam...
Mesmo que só por uns momentos
Compartilhem o mesmo ninho

As diferenças as vezes pesam
Mas o amor
Sempre volta a aproximar

E quando as similaridades
Os aprendizados
São compartilhados,
Cria asas
Quem nunca voou
E aprende a se firmar na terra
Aquele que delas
Sempre se esquivou

Os olhos serpentinos
Que miram o céu
Onde seu coração mergulhou
Aprendem a soltar os pés do chão
E se arremessar num vôo cego
Rumo a imensidão...

Nesse momento
Céu – terra
São apenas “lugar”.
Isso só entende
Aquele que já amou.

4 comentários:

Iara disse...

oi minha querida amiga victtoria,eu adoro suas poesias,entro no seu blog,só não deixo comentarios...poque vc já sabe que eu acho d+++++...bjsss

Paulomauricio disse...

Oi amiga! Me desculpe! Tenho lido os seus poemas daqui, mas em geral eu não vou nem no meu próprio blog, pois eu sinto muita dificuldade em me concentrar num ponto determinado! Atualmente estou sentindo muita falta deste amigo da família, que faleceu esses dias! Ele era um ponto de equilibrio moral na minha família! Quando eu e minha mãe discutíamos, ele era uma especie de chão, ele era sempre a anistia, representava sempre o "começar de novo". Agora estamos meio que sem rumo, tentando ainda aceitar a situação nova. Com relação a este poema seu, maravilhoso por sinal, pode-se considerar que esse amigo nossso era um tipo de sábio! Ele era o céu e a terra pra nós. Beijos e não desanime! Lembre-se que se duas pessoas se encanta por um poema, é porque ele valeu a pena ter sido escrito! Aqui na minha cidade ninguém me respeita pelo que escrevo! Tenho um blog de poesias na net há três anos e só duas pessoas de Teresópolis o visitaram. Mas nascemos pra cantar sempre, por piores que sejam os ouvidos que nos ouvem. Beijos e conte sempre com minha admiração, mesmo eu estando atrapalhado pra demonstrá-la, é a poesia que ilumina o meu orkut, incluindo a sua! Grande beijo amiga!

Victtoria Rossini Poesias disse...

Obrigada Iara por todo carinho que tens comigo desde que nos conhecemos!!
bjs no coração

Victtoria Rossini Poesias disse...

Ola Paulo! Sei que te respondi no orkut...Mas deixo aqui o meu abraço e o desejo que você não se cale..
Adoro tua amizade e tuas palavras
bjs e tudibem