segunda-feira, 28 de junho de 2010

ATRÁS DO RESTO DE MIM

ATRÁS DO RESTO DE MIM
(Victtoria Rossini)

Procurando alguns pedaços de mim
Que ficaram pelo caminho...

Meus olhooooss!
O0
Ainda te procuram
Não estão mais em mim!

Meus pés te seguem
Minha boca saliva...Quer você!

Sou um simples robô
Com peças soltas
Alguns comandos...
Mas eu mesma,
Não mando.

Aceito
As ordens que vem do coração.
Sempre foi ele quem esteve no comando...

Eu o segui!
Por isso estou aqui
Perdida
Olhos rasos
Seguindo você

5 comentários:

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa!
Belíssima poesia. Seu Blog. também é maravilhoso. Meus parabéns! Já sou seu seguidor!
Beijos de luz!

POETA CIGANO - 03/07/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

Anônimo disse...

Vitória, obrigado por me trazer aqui e me deliciar com seus belos poemas. Parabéns seu blog também é muito lindo. Bjs no coração. SOnia Rego Poetisa.

Victtoria Rossini Poesias disse...

Que prazer ter esses poetas maravilhosos aqui no meu blog!!
Obrigada Carlos pelo carinho, obrigada Sonia!!
Bjs inspiradores para vcs
\o/

Pierre disse...

Minha linda, muitas vezes o caminho é o mesmo porém o destino final não nos cabe mais!
Lindos versos.
Um beijinho!
Pierre

Victtoria Rossini Poesias disse...

É verdade Pierre!
Nós somos teimosos :)
Queremos o que quereremos, mesmo sabendo que não é melhor pra nós, e que o destino trabalha a nosso favor, mesmo que não seja feita a nossa vontade hahaha
bjs e obrigada pelo carinho